DICAS IMPORTANTES SOBRE TRAVESSEIROS


Quando o travesseiro não é adequado para o seu corpo e seus hábitos noturnos, alguns sintomas como dores no corpo e aquela sensação de ter dormido mal podem surgir ao longo do tempo.

O travesseiro é parte fundamental na saúde da coluna e um dos principais componentes para termos um sono de qualidade! Sua função mais importante é alinhar a nossa coluna cervical com o tronco, permitindo livre circulação sanguínea e dos estímulos elétricos enviado pelo cérebro aos órgãos do nosso corpo. Saiba como escolher o melhor travesseiro para você, considerando a altura e o grau de conforto.A altura do produto deve ser igual à distância entre o pescoço e a parte interna do braço do usuário.Para quem costuma dormir de lado, o ideal é um travesseiro alto.

Analise o material de que é feito o travesseiro, a altura dele e considere também se ele se adapta às suas necessidades e seus hábitos.

Já para quem prefere dormir de barriga para cima ou de bruços, recomenda-se um travesseiro mais baixo.
Um travesseiro firme sobre um colchão mole, por exemplo, não é adequado, pois eleva mais a cabeça do que o corpo.Para manter o formato ideal do produto, procure sacudir ou batê-lo diariamente, além de deixá-lo em local bem ventilado com freqüência, para evitar odores;evite expor seu travesseiro ao sol, diretamente, pois isso compromete a resistência mecânica da espuma e acaba por diminuir sua vida útil,recomendá-se trocar o produto no máximo a cada dois anos, para evitar fungos e bactérias.Hoje,você tem várias opções de travesseiros no mercado,como por exemplo:
Espuma compacta ou poliuretano- não cede facilmente ao peso da cabeça, o que não varia a altura do travesseiro durante a noite. Contudo, é pouco macio;
Flocos de espuma – este travesseiro apresenta um espaço entre os pedaços de espuma, deixando-o mais macio. Mas, os flocos soltos podem se deslocar para os cantos da fronha durante a noite; Espuma Viscoelástica – é um tipo de espuma de última geração, que se adapta ao contorno e à temperatura do corpo, facilitando a circulação sangüínea e prevenindo dores musculares; a sensação é de estar deitado com a cabeça sobre uma nuvem, pois não há pressão contrária da espuma;
Espuma látex- este material recebe tratamento antiácaro e, por ter uma estrutura perfurada, favorece a ventilação do travesseiro. Ele é confortável e dispõe de apoio ideal para todas as posições; Molas -este não é recomendado,não deu tão certo quanto a qualidade dos colchões de mola;
Plumas e penas de ganso- estes são os modelos mais macios, moldáveis e leves de travesseiro;

Fibra e Microfibra – também conhecido como pluma sintética de poliéster siliconada, é um material bem flexível, mas por ser sintético pode gerar calor em demasia, bem como reações dermatológicas; Ervas – utilizado pelos adeptos da aromaterapia, acredita-se que um travesseiro com ervas pode melhorar a qualidade do sono. O alecrim, por exemplo, amenizaria dores de cabeça; a camomila seria tranqüilizante e a macela combateria a insônia,pessoas alérgicas devem evitar este tipo de travesseiro.